Coisas giras

procrastinate

Há tanto artigo interessante por aí, que não resisto a partilhar uns quantos:

  • Uma amiga gastroenterologista já me tinha dito – somos 10 vezes mais bacterianos do que humanos! Ou seja, temos 10 vezes mais bactérias do que células humanas. É incrível, não é? O problema é que com o nosso tipo de vida, sobretudo urbano, com comida processada e com detergentes anti bacterianos e afins, estamos a reduzir drasticamente não o número, mas sim a variedade bacteriana que temos. E isso pode ser dramático a médio e longo prazo, com o aumento de incidência de doenças (nomeadamente auto imunes). Curiosamente as mães têm à sua disposição duas formas de oferecer um largo leque de bactérias aos seus filhos – através de um parto vaginal e da amamentação. Se a cesariana é feita sobretudo por indicação médica em Portugal, no Brasil as estatísticas são obscenas… Vale por isso a pena espreitar este artigo intitulado Queridas bactérias, venham cá aos intestinos – Observador
  • Se por um lado no Brasil as cesarianas (ou cesáreas como lá chamam), são a norma, por outro têm medidas bem boas a ser aplicadas… à educação: acabou de ser aprovada lei que inclui o ensino de artes – teatro, dança, artes visuais e música – no ensino básico. A mudança e introdução das alterações terá lugar ao longo de 5 anos – Agência Senado
  • A versão nós por cá é o aumento para 55h horas semanais lectivas!!! O governo recentemente nomeado tem propostas novas, mas que vão no sentido diametralmente oposto ao que seria expectável e que seria um maior empenho e enfoque na educação pública, de qualidade e gratuita. A tão desejada boa articulação de tempo de trabalho/tempo de família é cada vez mais uma miragem… Várias são as pessoas que se insurgem, aqui deixo dois artigos, o do Diário de Notícias, com a opinião de Carlos Neto, e o do Público, com a opinião de Santana Carrilho – Escola a mais, pais a menos. Tristeza…
  • Uma das bloguistas que mais aprecio, a brasileira Bruna Gomes, tem dois artigos que valem muito a pena, para variar! Um é sobre a escola e modelos de ensino e o paralelismo que a autora encontra com… uma parede de escalada! Curiosos? É este. O outro artigo vai totalmente ao encontro da minha postura e pesquisa (como aliás comentei no site da Bruna) – Porque estimulamos demais as crianças? (mais sobre este assunto no Mãegazine daqui por uns tempos)
  • E não resisti à imagem que hoje ilustra as Coisas Giras! Ahahahahah!!! Serei só eu a rever-me nesta lista de atitudes? Gosto particularmente da 3, mas como a confusão chateia, passo ao 1, depois perco-me no 7, argumento com o 12 e termino no 2. Mas o que eu queria mesmo mesmo é o 4… 😄

 

Bom fim de semanaaaaaaaaa

Anúncios

Um comentário sobre “Coisas giras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s