Estilo francês tintim por tintim

Louca tem andado a vida e escasso o tempo e a disponibilidade. Pelo meio de todo este turbilhão, vou analisando e descobrindo redes sociais, cuja necessidade vou colocando em causa.

A propósito partilho uma conferência TED de um tipo que, sendo considerado millenial (nascido após 1982), está completamente fora de qualquer rede social e em 13 curtos minutos explica porquê. Está aqui a hiperligação.

Cada qual deve fazer um balanço dos pros e contras e perceber, afinal, para que serve *efectivamente* estar aqui ou ali…

Pelo que me diz respeito, continuo particularmente fã do Pinterest (e dizem as estatísticas que o mulherio dá cartas neste campo), pela utilidade que tem na minha vida.

É que há um antes e um depois do Pinterest, sim 😉 Continuar lendo Estilo francês tintim por tintim

Anúncios

Glamour très frenchy

Gosto particularmente da tirada da Maria do Seis mais Dois em que ela escreve “Maria, a incoerente”. E ainda sobre a coerência, costumo ouvir uma outra tirada bem castiça: “ninguém me paga para ser coerente”.

A mim ninguém me paga nem para escrever nem para ser coerente, por isso aqui vai um artigo ao melhor estilo mundano (yeah!).

labanda-6 Continuar lendo Glamour très frenchy

Agora sou eu

Escrevo este texto na véspera do mais velho ir para a escola oficial, a escola a sério. As aulas estão aí e com ela uma série de ritmos e rotinas que vão adaptar-se às nossas vidas. Depois de conhecer horários e testar percursos e tudo isso, logo se vê onde podemos encaixar a ginástica, o ginásio, a piscina ou a música. Se der.

Mas agora sou eu.

É o que dá vontade de dizer.

Depois da fase bebé (roupa largueirona e de trazer por casa, mesmo que seja para o trabalho) (…) e da fase um pouco menos bebé mas ainda não durmo nada de jeito, atingi a fase agora sou eu.

malin-koort Continuar lendo Agora sou eu

Sugestões de prendas de Natal (para pais desesperados)

sugestoes cactos mgzEntrámos oficialmente em contagem decrescente para o Natal.

Na tradição cristã, esta contagem decrescente é o Advento, que este ano começou dia 29 de Novembro (4º domingo antes de Natal). Nessa linha, cada semana que antecede o Natal é, na tradição espiritual, uma preparação, um estado de espírito que vai mudando até ao dia N.

Mas mais ou menos despojada de conteúdo religioso, o Natal é uma tradição festiva de reunião familiar (e de tensões também), de fausto gastronómico e… de troca de prendas! Seja quem for que as traz 😉

Chegados a este ponto, embatemos sempre na mesma questão: Continuar lendo Sugestões de prendas de Natal (para pais desesperados)

Dicas para um guarda roupa simples e perfeito

O mês de Setembro aproxima-se a grande velocidade e com ele a rentrée. Gosto desta palavra por ser mais abrangente do que apenas regresso à escola ou novo ano lectivo. Há uma rentrée (reentrada em português) a vários níveis, porque é um novo ciclo que se abre, o do fim das férias de Verão (no hemisfério Norte) e regresso à vida com horários e rotinas. Vem aí uma nova estação. Continuar lendo Dicas para um guarda roupa simples e perfeito

Sinais exteriores de riqueza (familiar)

Eles andam aí: tatuagens, colares, pulseiras, berloques e, em menor número, t-shirts e afins.

Podemos separar entre os que são perenes (tatuagens), os ornamentais (bijuteria) e os restantes (acessórios, decorações, etc).

Penso que nós, mulheres, os batemos aos pontos, ostentando despudoradamente estes sinais exteriores, sobretudo os ornamentais. Os homens costumam ficar-se mais Continuar lendo Sinais exteriores de riqueza (familiar)