A app da moda

As gravidezes são um quebra cabeças. Ninguém nos tira o famoso brilho interno e a graça de albergarmos uma ou duas alminhas e respectivos corpos cá dentro. Mas vamos à realidade:

Por muito estilosa que seja a roupa de grávida, há uma fase em que nada serve e a roupa de sempre fica esquecida a um canto. Ou já deixou de servir ou ainda não serve ou estamos de licença de maternidade e por isso interessa é o conforto ou amamentamos e precisamos de botões à frente ou a camisola está um bocado suja com o lixo que os putos limpam em nós (perdoem a imagem) (é assim tal qual).
Passada essa fase, que pode durar anos, caso se encadeiem gravidezes, um monte de roupa esquecida e à espera de melhores dias. Com sorte e algum esforço, recuperamos o peso, que o corpo nunca mais volta bem a ser o que era… 😭

No meio da azáfama que é ter filhos pequenos em casa, muitas vezes dizemos adeus ao que já fomos. Tempo para passar máscara nos olhos? Pff… Com sorte vai um anti olheiras e uns pós de sol espalhados à pressa enquanto aguardamos que o sinal caia verde (sou a única?).

Os anos passaram, a tecnologia deu mais uns quantos passos em frente e, eis senão quando, descubro uma app muito jeitosa. Ok, exige um bocado de tempo despendido à volta da roupa a fotografá-la, mas depois a coisa fica divertida e facilita muito a vida.

A app é esta, My Dressing.

Funciona assim:

  1. Tiramos fotos, ou carregamos as imagens, e recortamos a peça do seu fundo

Screenshot redoute app 1

2. Catalogamo-la (blusa, acessórios, casacos, calças, saias, sapatos)

Screenshot redoute app 2           Screenshot redoute app 3

3. Conjugamo-la da forma que queremos

Screenshot redoute app 4            Screenshot redoute app 6

4. Criamos diversas combinações, organizadas por estações.

Screenshot redoute app 5

É super intuitivo e fácil de navegar.

Afinal para que serve isto?

Serve para quem anda sempre a correr e não tem cabeça de manhã, ou ao final do dia, para pensar numa combinação gira de roupas. Serve para dar uso a peças que raramente usamos, quer por não estarem no topo da pilha de roupa acumulada, quer simplesmente por nunca nos lembrarmos dela. Serve para nos aumentar o amor próprio, por sabemos que estamos a usar uma roupa que nos favorece e não a enésima vez que enfiamos a mesma sweat-shirt cinzenta que disfarça as manchas (e a barriga menos sexy). Serve para pensarmos em combinações inusitadas, que nunca nos passaria pela cabeça usar, que já não há vagar para fazer desfiles de moda frente ao espelho (já foi chão que deu uvas) – agora a lógica passou a ser a de aproveitar os minutos livres entre duas tarefas.

Pela minha parte estou rendida.
E se as peças que aqui podem ver também vos apelam, são estas:

Blusão laranja
Lenço com berloques
Túnica com bordados
Calças azuis escuras 
Carteira cor de mel
Sapatos bege claro
Sandálias com pedras brilhantes 
Sandálias estilo romano

e tudo o resto é também da La Redoute!

Boas combinações! 👗👒👛👟

melro

Política de transparência – este artigo enquadra-se numa parceria com a La Redoute Portugal. O conteúdo e opinião expressa é da total responsabilidade da autora deste site.

Anúncios

Um comentário sobre “A app da moda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s