Passatempo de Natal | terminado

Ho ho ho 🎄

O prometido é devido e cá está a Mãegazine a oferecer dois dos seus livros favoritos: O Hipopótamo de Deus e Como ser feliz com 1, 2, 3… filhos?

mix 1

Como surgiu esta parceria com a editora Paulinas? Muito simplesmente: sou fã destes livros em particular, contactei a editora, expliquei que o site Mãegazine é um blogue dedicado à maternidade e família e afins e que por diversas ocasiões já tinha escrito artigos citando e recomendando estes dois livros. A pessoa com quem falei foi super simpática e aceitou enviar um exemplar de cada para oferecer aos leitores do Mãegazine. Cá estão eles!

Se não acompanharam os artigos em que falo deles (shame on you!), podem já emendar a mão respectivamente aqui, aqui, aqui e aqui e ainda aqui (sim, são muitos mas muito jeitosos).

Passo agora a apresentá-los como deve ser:

 

O Hipopótamo de Deus

Quando as perguntas que trazemos valem mais do que as respostas provisórias que encontramos

O Hipopótamo de Deus

Sinopse:

Que pode o homem perante a inexplicável adversidade que o sufoca e o medo que o tolhe nos confrontos da vida? Aparentemente, parece que nada!
A metáfora bíblica do hipopótamo (Job 40,15-20), utilizada por Deus no diálogo com o justo Job, que se confronta com a injusta e inexplicável presença do Mal na sua vida, aparentemente permitido por Deus, serve a Tolentino Mendonça para, de uma forma didáctica e através de 85 momentos de reflexiva leitura, perpassarmos inúmeros casos simples ou de aparente complexidade da história do quotidiano em que, tal como Job, parece que só enxergamos aflições e «desrazões», quando, afinal, essas são as grandes pausas existenciais necessárias para os reajustes e os redireccionamentos. E assim como Deus fez com Job, também hoje Deus nos desafia a olharmos de frente a vida… como se olha o poderoso hipopótamo: «Quando o rio transborda, ele não se assusta…»

Autor:  

JOSÉ TOLENTINO MENDONÇA é uma das vozes originais do Portugal contemporâneo. Especialista em Estudos Bíblicos, tem abordado com rigor e criatividade os temas e os textos do cânone cristão, mantendo um diálogo sensível com as interrogações do presente. A relação entre o Cristianismo e Cultura é uma das ideias-chave do seu percurso. Foi Straus Fellow, na New York University, integrando uma equipa de investigadores do tema “Religião e Espaço Público”. Ocupa os cargos de vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa e director do Centro de Estudos de Religiões e Culturas. Foi responsável nacional pela Pastoral da Cultura e é consultor do Pontifício Conselho para a Cultura, no Vaticano. Além de ensaísta, tem uma obra poética que muitos reconhecem entre as mais marcantes do panorama actual. Os seus livros conhecem um grande sucesso em Portugal e são cada vez mais traduzidos internacionalmente.

Notas pessoais Mãegazine:

Este livro foi – e é – um bálsamo e leio-o sempre que preciso de me recentrar. Descobri o autor por causa das suas crónicas publicadas no Jornal Expresso, crónicas que recortava e guardava, por abordarem temas verdadeiramente profundos em menos de uma página. Só um bom bocado mais tarde (depois de coleccionar muitos desses artigos) é que soube que escrevia poesia e que era um padre católico.
O livro reúne muitas dessas e de outras crónicas. O Hipopótamo de Deus é então um livro feito de miniaturas (fantástico para quem não consegue ler um romance de ponta a ponta por falta de disponibilidade…), pequenas mas muito valiosas pedras preciosas que queremos guardar perto de nós. Não é por acaso que a obra já tem inúmeras edições, nomeadamente no estrangeiro (onde o p. Tolentino se projecta cada vez mais). É uma fonte de inspiração (também para artigos aqui do Mãegazine).

 

Como ser feliz com 1, 2, 3… filhos?

como ser feliz

Sinopse:

Rosa Pich, mãe de 18 filhos e trabalhadora a tempo parcial, revela neste testemunho real a sua feliz e extraordinária aventura no seio da maior família com crianças e adolescentes escolarizados de Espanha e, possivelmente, da Europa.
«Como ser feliz com 1, 2, 3… filhos?» fala de temas simples e complexos, comuns a todas as famílias com crianças, como a hora da refeição, a escolha da escola, as discussões com o marido, premiar e castigar, conciliar estudo e lazer, gerir o orçamento, amor e sexo, desporto, religião, morte, férias e logística.
O casal Aguilera Roca, também originário de famílias numerosas – Rosa Pich com 16 irmãos e o marido com 14 –, ignorou o conselho dado pelo médicos, quando viram morrer o segundo e terceiro filhos, e tendo, a criança sobrevivente, reduzidas possibilidades de ultrapassar os três anos de vida.
«Às vezes a ciência não acerta nas suas previsões, porque decidimos seguir em frente com os nossos planos para constituirmos uma família numerosa. Na cama de um casal ninguém se deve meter. […] Hoje temos 15 filhos que vivem.»

Excerto de uma recensão crítica:

O dia-a-dia dos Postigo Pich distingue-se a partir de pequenos detalhes: para esta família a refeição é o momento mais importante do dia (partilha de vida); a mesa é redonda para que às refeições haja só uma conversa; cada membro serve sempre quem está ao lado na mesa; a televisão não está presente durante as refeições, permanece desligada na sala; os irmãos colaboram aos pares o mais velho com o mais novo nas actividades diárias; a família nuclear reúne-se duas vezes por ano (uma vez no verão e outra no inverno) para fazerem uma “análise SWOT [ferramenta de gestão utilizada pelas empresas para o diagnóstico estratégico] pessoal” sendo que a interajuda é o factor essencial na harmonia e no conhecimento mútuo.

Notas pessoais Mãegazine:

Este livro é um dos livros ao qual recorro quando preciso de ânimo e dicas de organização familiar. Não é comparável aos livros de parenting, daqueles que nos ensinam a lidar com as crianças/adolescentes lá de casa, gerir as suas (e nossas) emoções. Nada disso. Este livro é absolutamente prático. Tem inúmeros pequenos capítulos como podem ler aqui dedicados a questões verdadeiramente de ordem prática: como organizar o fim de semana? como gerir o orçamento familiar? como fazer com a mesada? como fazer para que se cheguem à frente nas tarefas domésticas (solução aqui)? como entreter a miudagem nas férias?
Aqui não há teorias pedagógicas a sustentar determinadas práticas: há bom senso e – sobretudo – muuuuita prática (18 filhos não é brincadeira!). A autora parte de situações concretas da sua vida familiar para explicar como organiza a sua mega über super família (inclusivamente cortar 200 unhas numa tarde, ahah). É um livro de trabalho (o meu está todo sublinhado e anotado) que relativiza de imediato a nossa situação (se alguém que me estiver a ler tiver 18 filhos, ou vá, 10 para cima que me diga!)

 

E agora a parte que mais interessa…🎁

Regras de participação:

  1. o passatempo está activo até ao final do dia 21 de Dezembro de 2015
  2. é apenas válida uma participação por pessoa
  3. é necessário subscrever o Mãegazine através de email ou do leitor WordPress e partilhar publicamente* este passatempo numa rede social à escolha do freguês
  4. apenas serão aceites participações com morada de envio em Portugal continental e ilhas, isto porque
  5. a Mãegazine paga os portes de envio
  6. o vencedor será seleccionado através de Random.org e
  7. o vencedor será contactado para o email indicado no formulário

E agora basta preencher este formulário:

passatempo encerrado!

Boa sorte! 😀

*é possível alterar a definição para partilha pública no Facebook para uma só publicação


Aqui no Mãegazine abordam-se vários assuntos relacionados com a maternidade, com alguma dose mas, sobretudo, com alguns saltos de humor. Somos 5 cá por casa, mas só uma é que aqui escreve, por isso os artigos são esporádicos. Eu sei que podem enviar os mails do site direitinhos para o spam, mas garanto que me esforço para que isso nunca aconteça. Tirem a prova dos nove se duvidarem – cliquem aí na bonecada e espreitem. Podem também seguir por Facebook ou Pinterest.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Passatempo de Natal | terminado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s