Acordar para a vida | desafio mãetinal

Tenho-me fartado de ler artigos que pregam as incontáveis virtudes de se acordar cedo e fazer algo para nós próprios em primeiro lugar. Acordar para a vida e não se ser apanhado na curva, já com o comboio em andamento. Este artigo é interessante e fala disso, este também.

Mas até agora era só teoria e blá blá blá… até sentir na pele as vantagens 😀

coby-whitmore

Para quem tem ritmos biológicos de coruja, virar andorinha não é fácil, mas quando a criançada entra a determinada hora na escola, chegar atrasado não é uma opção, por isso toca de mudar os hábitos.

É difícil a adaptação e ou se faz resistência, ou se faz um esforço para minimizar as chatices – e o peso da disciplina é beeeeem menor que o peso do arrependimento

Como escrevi antes, acordar sempre à mesma hora é ‘fácil’ quando se tem um padrão de sono tranquilo, sem acordar uma média de 6 x/noite (been there). Felizmente essa fase não dura eternamente (apesar de parecer que sim).
A etapa de acordar a uma hora estável é uma fase crucial, sem se estar na ronha até às calendas e depois pôr tudo em alvoroço porque se está a queimar as horas. O despertador serve para nos levantarmos e não para prolongar o sonho até ser demasiado tarde 😝

Uma das gigantescas vantagens de se acordar antes da miudagem é que temos uma nesga de tempo para nós, que para quem tem filhos, sobretudo pequenos, soa a uma espécie de miragem paradisíaca que rapidamente se desvanece…

No meu caso particular, acordar antes dos miúdos permite-me fazer os exercícios abdominais hipopressivos. Voltei a fazê-los já depois da recuperação do parto porque sentia estar a ficar sem domínio do meu corpo: ventre distendido, costas sem tónus, demasiadas contracturas musculares, péssima postura. Não sei como fazem as outras pessoas, mas praticar desporto é também outra miragem para muita gente – onde deixar a miudagem para podermos fazer desporto? Como fazem vocês que me lêem?

Acordar antes de todos dá-me o tempo suficiente para fazer os exercícios em casa, sem gritos nem pressas, e os resultados não se fazem esperar – para além da redução do perímetro (3 cm até agora), começo a vislumbrar a definição dos músculos (#carolinapatrociniomeaguarda), sobe-me a tensão e aumenta a temperatura do corpo, que isto de ficar em apneia logo ao acordar dispara os alarmes todos do corpinho que se põe em alerta num ápice 😉
O corpo leva logo com a informação de qual a boa postura de costas, que vai provavelmente manter ao longo do dia e, acima de tudo, fico com a sensação de ter feito algo para mim. O que é uma lança em África.

Ter tempo para me arranjar (porque agora sou eu, lembram-se?) também é essencial, para puxar por todos os galões (que ainda tenho) e ficar com pintarola. Aaaaaahhhh, como isto ajuda! Depois de acordar assim para o dia, a gritaria passa para segundo plano e dá para gerir os conflitos um bocado melhor.

Nem todos temos os mesmos interesses e que que é bom para uns, pode não ser para outros. Neste artigo da minha mentora Tsh, ela partilha as rotinas matinais das pessoas que colaboram no seu site e pergunta quais as rotinas de quem a lê. Para uns o exercício é fulcral, para outros é beber café em silêncio, rezar, ler ou meditar. Mas qualquer uma das opções parte da ideia de que

A disciplina de uma rotina matinal permite trocar a sensação de frustração pela realização pessoal.

Por isso lanço agora o repto:

Quem alinha no #desafiomaetinal? Estão numa de partilhar as pequenas conquistas ma(e)tinais e sentir que não estão sós nesse esfoço? Vemo-nos no Facebook? Parece-vos bem?

melro

Anúncios

5 comentários sobre “Acordar para a vida | desafio mãetinal

  1. Bom dia mãegazine!!!:) Onde posso encontrar esses exercícios? Preciso urgentemente de ressuscitar o músculo abdominal que habitava em mim e também ando cheia de dores de costas! Sou mãe de gémeas com 14 meses e uma noite tranquila de sono ainda me parece algo muito distante… Quanto a fazer exercício, ou temos avós ou um pai que fique com as crianças, ou temos mesmo que exercitar em casa! Para quem chega a casa, todos os dias às 19:30( o meu caso!) , já sem energia para nada, mesmo com ajudas, não há motivação para ginásio!beijinhos

    Curtir

    1. Olá Marta! Conheço bem a situação… As noites hão-de chegar! Já faltou mais 😉
      A minha fisioterapeuta chama-se Estefania Garcia e trabalha em Telheiras, Fisiodona, perto do supermercado grande. O melhor contacto é através da página de Facebook https://www.facebook.com/abdominaishipopressivos.portugal
      Palavra que eu só juro por isto. Nos últimos dias tenho dormido e vejo logo a diferença é sinto muito a falta! É muitíssimo eficaz, pelo menos comigo… Beijinhos 😘

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s