Sugestões de prendas de Natal (para pais desesperados)

sugestoes cactos mgzEntrámos oficialmente em contagem decrescente para o Natal.

Na tradição cristã, esta contagem decrescente é o Advento, que este ano começou dia 29 de Novembro (4º domingo antes de Natal). Nessa linha, cada semana que antecede o Natal é, na tradição espiritual, uma preparação, um estado de espírito que vai mudando até ao dia N.

Mas mais ou menos despojada de conteúdo religioso, o Natal é uma tradição festiva de reunião familiar (e de tensões também), de fausto gastronómico e… de troca de prendas! Seja quem for que as traz 😉

Chegados a este ponto, embatemos sempre na mesma questão:

 

O que ofereço a quem?

Pessoalmente acho que as prendas devem trazer um extra a quem as recebe. Ser significativas, úteis e/ou belas.
Pois sim, está bem. Isso fica muito bem escrito, mas na prática é uma dor de cabeça. Sobretudo quando andamos com a cabeça dentro de água, a viver dia após dia, em modo sobrevivência, animicamente extenuados entre o trabalho (ou falta dele), cuidar da prole, manter a casa a andar, já para não falar do stress destas e de outras situações (mais alguém?).

No meio desta vida caótica ainda temos de pensar no que pode ser interessante, belo ou útil para cada pessoa a quem queremos oferecer presentes!

ah bolas

Esta é – claramente – uma época virada para o consumo, mas não tem de ser forçosamente um quebra cabeças. Se formos jeitosos (desenhar, costurar, tricotar, cozinhar, etc) podemos fazer nós mesmos as prendas, mas isso requer tempo e disponibilidade (que muitas vezes não há). Ir às compras é, pois, a versão mais pragmática para a maior parte dos casos.

 

  1. Em primeiro lugar, é essencial definir um orçamento. Esta é a pergunta obrigatória: Qual o valor máximo que podemos/queremos gastar?
  2. Em segundo lugar é preciso decidir a quem queremos/vamos oferecer prendas. Vivemos um período duro para quase todos, ninguém leva a mal receber uma prenda mais frugal.
  3. Em terceiro lugar é bom criar uma lista com os nomes dessas pessoas e escrever à frente as possíveis prendas e o valor máximo que queremos gastar para essa prenda. E ter a lista connosco na altura de ir às compras, já agora.

 

Pessoalmente creio que é de privilegiar o comércio local e o artesanato. Se não formos nós a sustentar estas actividades, quem o fará? Além do mais aqui podemos encontrar prendas personalizadas (com nome bordado/gravado, etc).

Mas nem sempre há oferta interessante. Ou oferta, ponto. Ou disponibilidade para andar à procura. Nestes casos a encomenda online pode ser bastante útil. Fiz esta opção para as compras de supermercado e não tenciono voltar atrás! Tem ainda a enorme vantagem de dar para controlar muito melhor os gastos (antes de clicar para finalizar a compra).

 

Posto isto, deixo algumas sugestões – deliberadamente práticas e terra-a-terra – testadas e aprovadas por quem gere uma família numerosa e que privilegia a eficácia ao glamour (não obstante…) 😉

 

Sugestões de prendas de Natal para pais desesperados

Higiene e cosmética

  • (uma boa) escova de dentes eléctrica. Promove a autonomia, poupa imensas chatices, dá para a família toda (basta trocar as cabeças) e os dentes ficam efectivamente mais limpos
  • caneta ou lápis anti olheiras (ou iluminador). É o básico que não pode faltar a uma mãe desesperada (convém atinar na cor certa)
  • óleo de argão. Realmente é verdade – é mesmo bom para a pele. Uso diariamente à noite e causa zero reactividade. Hidrata, é rapidamente absorvido e é bestial para a noite. Há frascos doseadores de 50ml, dá uma excelente prenda
  • creme hidratante para a cara das crianças. Agora para o Inverno é óptimo e necessário. Idealmente espesso e com ingredientes de origem vegetal e sem fenoxietanol e parabenos e essas coisas

Moda

  • meias (do tamanho certo). É das prendas mais úteis que conheço, para todos. Ponto final parágrafo.
  • lenço/écharpe – uma bonita écharpe compõe sempre um look de básicos
  • camisola marinheira – outro incontornável que fica sempre bem, a miúdos e graúdos e entre os dois (leia-se adolescentes). Tem ainda a vantagem de ser facilmente visto ao longe
  • casaco amarelo. Sou fanática por casacos amarelos. Por ser raro vê-los, é fantástico para topar a miudagem a léguas de distância
  • estamos em novo ano do Star Wars. Incontornável para o (pré) adolescente borbulhoso a quem não sabemos o que oferecer
  • pendente/pulseira que evoca a família, ou anel com nomes gravados – porque são sinais exteriores de riqueza familiar

Organização

  • agenda – um clássico incontornável
  • quadro para organizar a vida familiar – de ardósia ou magnético, para gerir refeições e tarefas 
  • calendário com fotos tiradas ao longo do ano – a prenda p.e.r.f.e.i.t.a para os avós
  • cadernos bonitos, outro clássico prático e útil

Vida prática

  • saco de pano tamanho A4 com fita para fechar (e nome bordado) – é sempre útil (para miúdos levarem lanche, capa para a chuva, muda de roupa, kit muda fraldas, etc)
  • capa para a chuva portátil – para trazer no carro/carteira/mochila da escola, nunca se sabe quando poderá ser necessária
  • capa de edredão com fecho éclair – para a cama ficar perfeita (só é preciso confirmar o tamanho do colchão)
  • chapéu de chuva pequeno para trazer na carteira/mochila da escola. Dada a frequência com que se perdem/estragam, são sempre bem-vindos!
  • molduras magnéticas unitárias – uma capa que protege uma foto de tamanho standard e que dá para colocar directamente no frigorífico/quadro magnético, mudando a foto quando nos apetece. É baratíssimo e é um sucesso estrondoso (com a foto lá dentro, naturalmente)
  • cadernos ou fichas/cartões de actividades/jogos magnéticos. Poupa-nos imensa bateria e espaço no telemóvel, sobretudo quando temos de esperar pela consulta, pela comida no restaurante, pela hora de regressar à praia, etc…
  • temporizador de cozinha – pode haver (e há!) incontáveis versões online, app(es), etc, mas nada substitui um bom temporizador analógico e resistente. E a utilização na cozinha é, possivelmente, a mais desinteressante. O tempo foge-nos entre os dedos e para fazer acontecer temos de tomar muito bem conta do tempo, e isto ajuda. E para os miúdos? Aaah, quando toca a campainha é hora de… (acrescentem o que vos aprouver)
  • porquinho mealheiro – há porquinhos extraordinários (não conheço mais loucos do que estes) ou ordinários, mas são sempre úteis para a prole (e não só)
  • tabuleiros, tabuleiros, tabuleiros – para fazer actividades Montessori em casa. Já aqui publiquei um artigo do TAQUID com actividades Montessori para dias de chuva e aqui estão mais umas quantas para o Natal! 😀

Casa

  • guardanapos de algodão – porque usar continuamente guardanapos ou rolo de papel não é nada sustentável (e os de pano sujam-se imenso)
  • manta de lã – incontornável e sempre bem-vinda
  • soluções de arrumação – reduzir a tralha é bom, mas ter onde arrumar é igualmente necessário!
  • candeeiros e soluções de iluminação – porque a luz é o principal elemento decorativo de uma casa, porque esta selecção de candeeiros é mesmo boa e porque uma vaquinha é uma excelente solução para dar uma boa prenda 🙂
  • grinaldas de luzes – mal começa o Inverno tenho sempre umas à janela. Já coloquei outras à volta da cama de grades – é uma solução simples, bonita e prática de iluminar o quarto das crianças (para ler histórias) sem ferir demasiado os olhos. Também ficam a matar penduradas numa cama/tenda tipi!
  • estes cactos de cerâmica só porque sim e porque são l.i.n.d.o.s
  • bomboneira recheada de bilhetinhos onde estão escritas as memórias e as coisas que nós gostamos na pessoa X é a prenda que mata (no bom sentido)! Esta é uma das sugestões do #trasgoamavel, o ajudante do Pai Natal que chega para promover a amabilidade na quadra natalícia.

la redoute natal mgzClaro que aqui faltam livros, que já foram escolhidos a dedo e estão aqui

Têm sugestões a acrescentar? Deixem-nas nos comentários!


 

Aqui no Mãegazine fala-se de uma vida tendencialmente mais simples. Como se escreve numa casa de 5, os artigos são um bocado espaçados. Por isso é uma boa ideia subscrever por email, Facebook ou Pinterest 🙂


Política de transparência – este artigo enquadra-se numa parceria com a La Redoute Portugal. O conteúdo e opinião expressa é da total responsabilidade da autora deste site.

Anúncios

6 comentários sobre “Sugestões de prendas de Natal (para pais desesperados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s